14 de junho de 2024
Ark Therapeutic Brasil

Exercícios de elevação da ponta da língua

A elevação da ponta da língua é a capacidade de levantar a ponta da língua até a crista alveolar (o local logo atrás dos dentes frontais superiores). Portanto, ela é uma habilidade motora oral necessária para pronunciar certos sons da fala. Além disso, também é onde a língua deve descansar durante a postura normal de repouso oral (quando você não está comendo ou falando).

Para as crianças que precisam de ajuda com essa habilidade motora oral, comece explicando onde fica o “ponto certo”. Em seguida, peça-lhes que coloquem a ponta da língua “no lugar”. Dessa forma, podemos demonstrar fazendo nós mesmos com movimentos exagerados, mas se preferir pode usar um fantoche. Para algumas crianças, isso resolverá o problema. Outros podem precisar de um pouco mais de ajuda para descobrir exatamente onde a língua precisa ir. 

Conheça alguns exercícios de elevação da ponta da língua

  • Experimente colocar um pouco de algum alimento que seja pegajoso “no local”, de preferência um que estimule a criança (chamamos de alimentos reforçadores) e peça-lhes que lambam para sentir o gosto. Essa tática é um incentivo saboroso.
  • Utilize a Ponteira de língua e peça à criança que coloque a ponta da língua dentro do orifício. Em seguida, guie-o para cima e para baixo para ajudar a estabelecer o conceito de elevação da língua (ou para frente e para trás para lateralização da língua).
  • Pegue uma Ponteira Probe ou uma Ponteira Preefer e toque-a na crista alveolar, dessa forma você está dando uma dica tátil para mostrar fisicamente onde a ponta da língua precisa ir. Em seguida, retire a Ponteira Probe da boca e oriente a criança a tocar o mesmo local com a ponta da língua. Acompanhamento com produção de som na ponta da língua de /t/, /d/, /n/, /l/, /s/ ou /z/.
Exercícios de elevação da ponta da língua
Exercícios de elevação da ponta da língua

Ainda assim, se for necessária mais alguma informação sensorial, faça o último exercício com o Z-Vibe (como mostrado nas imagens acima com a ponteira Fine). A vibração do Z-Vibe ajuda a trazer foco e um novo nível de consciência para aquele local específico.

Acessórios Z-Vibe Complementares

O melhor acessório Z-Vibe para este exercício é a Ponteira Fine – ela se estreita até um pequeno ponto, por isso é perfeita para localizar um ponto específico. Mas você também pode usar a ponteira Probe ou Preefer.

Outra coisa que você pode fazer é exercícios de estalos de língua (um dos meus exercícios motores orais favoritos).

Ao experimentar os exercícios acima, observe a dissociação da língua e da mandíbula . Em outras palavras, a língua deve se mover de forma independente enquanto a mandíbula permanece no lugar. Se a mandíbula estiver se movendo de um lado para o outro ou para cima e para baixo, coloque um mordedor Grabber ou um Mordedor Y entre os molares de um lado e faça a criança morder enquanto pratica a elevação da língua. Isto irá estabilizar a mandíbula e garantir que a língua faça o seu próprio trabalho, por assim dizer, sem a ajuda da mandíbula. Você também pode precisar fazer alguns exercícios de estabilidade da mandíbula.


* Texto original escrito por Debra C. Lowsky, MS, CCC-SLP – no Blog Oficial da Ark Therapeutic dos EUA. A Falconn Distribuidora e Importadora é uma empresa que faz parte do grupo da BmB Terapêuticos. A Falconn é a distribuidora oficial da Ark Therapeutic no Brasil. Portanto, ambas as empresas são autorizadas a replicar os conteúdos oficiais da Ark Therapeutic no em português, no Brasil.

Debra C. Lowsky

Sobre a autora do post:

Debra C. Lowsky, MS, CCC-SLP

***Todo o conteúdo deste site, incluindo opinião médica e qualquer outra informação relacionada à saúde, é apenas para fins informativos e não deve ser considerado como um diagnóstico específico ou plano de tratamento para qualquer situação individual. O uso deste site e as informações contidas neste documento não criam uma relação médico-paciente. Sempre procure o conselho direto de seu próprio médico em relação a quaisquer perguntas ou problemas que você possa ter em relação à sua própria saúde ou à saúde dos outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *